Aguarde, carregando...

Neste Dia Mundial de Combate à Meningite, Semus alerta para risco da doença

Dia 24/04/2021

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus), da Prefeitura de Dianópolis e endossa campanha do Governo do Estado neste sábado, 24, Dia Mundial de Combate à Meningite, a importância dos cuidados para prevenir a doença. A área técnica de imunização da meningite reforça que a vacinação é a principal forma de prevenção.

Existem diferentes tipos de meningite, mas uma das mais perigosas e fatais é a meningite meningocócica. A meningite meningocócica é uma forma altamente infecciosa da bactéria da meningite e consiste em uma séria inflamação das meninges (a fina camada que circunda o cérebro e a medula espinhal).

Bactérias e vírus são as duas principais causas da meningite. A bactéria Neisseria meningitidis, também chamada de meningocócica, causa meningite meningocócica. Em crianças e adolescentes, essa bactéria é a causa mais comum de meningite bacteriana. Em adultos, é a segunda causa mais comum.

A meningite meningocócica é altamente contagiosa. Pessoas infectadas pela bactéria Neisseria meningitidis frequentemente carregam a doença sem a manifestação dos sintomas e espalham a bactéria através da tosse e de espirros. Ambientes pequenos e superlotados aumentam o risco de disseminação da doença.
As bactérias são transmitidas de pessoa para pessoa através de gotículas de secreções respiratórias ou da garganta dos transportadores.

Os sintomas da meningite meningocócica podem variar de um caso para o outro. Os sinais e sintomas mais comuns incluem: sensação geral de cansaço, febre alta repentina, dor de cabeça grave e persistente, rigidez do pescoço, náuseas ou vômitos, desconforto provocado pela luz, sonolência ou dificuldade de despertar, dores nas articulações, confusão ou outras mudanças mentais.