Aguarde, carregando...

REPRESENTANTES DA SAÚDE DOS MUNICÍPIOS DE ABRANGÊNCIA DO CAPS II, DE DIANÓPOLIS, DISCUTEM ESTRATÉGIAS DE CUIDADO EM SAÚDE MENTAL

Dia 01/03/2021

Secretários e representantes de Saúde dos municípios de abrangência do Centro de Atenção Psicossocial II (Caps II), de Dianópolis, se reuniram para o Encontro de Matriciamento em Saúde Mental, na Diretoria Regional de Ensino (DRE).

O encontro visa apresentar o que é a instituição Caps, qual perfil de usuário deve ser encaminhado à unidade, bem como a estruturação de um fluxograma da rede de saúde mental, como "o que fazer e para onde encaminhar o usuário frente a demanda apresentada pelo mesmo?".

A reunião foi mediada pela equipe Caps II, composta pelo médico psiquiatra Mardônio Parente de Menezes, a médica clínica Simone Keller Botelho, a psicóloga Samara Rachel de Carvalho, a diretora do Caps II, Jacinta de Almeida Pinheiro e o superintendente da Saúde, Warley Coelho Cirqueira.

De acordo com a diretora do Caps II, a preocupação dos profissionais da área de saúde é alertar os gestores sobre o aumento exponencial de casos de depressão, transtornos de ansiedade e estresse, decorrentes dos impactos da pandemia na tentativa de se acostumar com o novo normal. "As consequências de uma nova realidade, regada de muitas restrições e mudanças drásticas, chamam a atenção dos profissionais de saúde mental sobre uma possível quarta onda da doença", destacou Jacinta.

O superintendente da saúde, Warley Coelho Cirqueira, pontuou que "é de extrema importância dos gestores e equipe técnica conhecerem o fluxograma, no qual o Caps, enquanto maior referência no cuidado em saúde mental, dará o suporte necessário para que esse usuário seja acompanhado principalmente em seu território, através das equipes de Estratégia de Saúde da Família".

Matriciamento

O matriciamento trata-se de um modo de produzir saúde em que duas ou mais equipes, num processo de construção compartilhada, criam uma proposta de intervenção pedagógico terapêutica.

Municípios de abrangência do Caps II

Vale ressaltar que os municípios de abrangência do Caps II, de Dianópolis são: Conceição do Tocantins, Taipas, Almas, Porto Alegre, Rio da Conceição e Novo Jardim.

Participaram da reunião

Além dos já citados no texto, estiveram presentes na reunião, a diretora geral do Hospital Regional de Dianópolis (HRD), Maria Eulinda Portilho; o coordenador da equipe multiprofissional do HRD, Leandro Couto Carvalho; representando o Núcleo de Vigilância Epidemiológica do HRD, Maria Aparecidade Cordeiro Santos; a psicóloga do Cras, Ivanize Fátima Sartori; a assistente social do Cras, Elizete Maria de Jesus; a secretária de saúde de Conceição do Tocantins, Luana Souza Rodrigues; a assistente social da Saúde de Taipas, Nayana Cardoso Guedes; o secretário de saúde de Porto Alegre, Josilton Rodrigues; representando o setor de regulação de Porto Alegre, Dionesia Santana de Sousa Carneiro; o secretário de saúde do Rio da Conceição, Emerson Luíz Povoa Bezerra; a enfermeira ESF do Rio da Conceição, Jaciara Lopes Nunes Melo e a coordenadora de atenção básica de Novo Jardim, Joane Trindade Rodrigues.