Aguarde, carregando...

SITUAÇÃO DO HRD, SOLICITAÇÃO DE CENTRO DE HEMODIÁLISE E RETORNO DO IML SÃO COBRANÇAS DO PREFEITO JOSÉ SALOMÃO DURANTE ENCONTRO COM SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE E SECRETÁRIO DA SEGURANÇA PÚBLICA

Dia 23/03/2021

Com o objetivo de viabilizar soluções para a situação do Hospital de Referência de Dianópolis, o prefeito José Salomão se reuniu, nesta segunda-feira, 22, em Palmas, com o secretário de Estado da Saúde, Edgar Tollini, o vice-governador do Estado, Wanderley Barbosa, o deputado estadual, Ricardo Ayes e demais Prefeitos da região sudeste do Tocantins. 

Na ocasião, o prefeito José Salomão encaminhou Ofícios em que relata a atual situação do HRD, que vive momento crítico neste período de pandemia da Covid-19, como por exemplo, a falta de leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), a falta de profissionais de saúde, como médicos clínicos especialistas para atender a demanda da região. 

“Estamos apreensivos com o atual momento da pandemia e estamos tentando buscar soluções que preservem a vida. Hoje o Hospital conta com 10 leitos para Covid-19, sendo oito para internação clínica e dois para estabilização. Além disso, a unidade conta com quatro respiradores, desses apenas três estão em funcionamento e um em manutenção”, alertou Salomão. 

Outras demandas

Também na área da saúde, o prefeito apresentou demanda para a regularização do Teste do Pezinho para que seja feito em Dianópolis. Atualmente, o município de Araguaína é a referência para a realização do teste do pezinho dos 139 municípios, por meio de convênio com o Governo do Estado, cenário que preocupa o Município. 

Outra solicitação do Prefeito para o HRD está relacionada a urgente implantação de centro de hemodiálise na unidade hospitalar, a fim de atender os pacientes da região sudeste. “Os pacientes que precisam deste serviço realizam uma peregrinação exaustiva de viagem à Palmas por três vezes na semana, pois a Capital é a nossa referência. Sem dúvidas, a implantação de um centro em nossa cidade atenderia de forma humanizada esses pacientes e descentralizaria o fluxo de atendimentos em Palmas”, destacou o Prefeito. 

Na segurança pública, foi encaminhado Ofício ao secretário de segurança pública, Cristiano Sampaio, em que pesa o retorno do Instituto Médico Legal (IML) para Dianópolis, por ser o município de referência da região sudeste. Atualmente se encaminham as vítimas para as cidades de Natividade, Porto Nacional e Palmas. Houve um encontro com o secretário da SSP, Cristiano Sampaio, por meio de videoconferência, que foi intermediado pelo deputado estadual, Ricardo Ayres.

Presentes

Na oportunidade, além dos citados acima, estiveram presentes o secretário municipal de saúde, Israel Leite Furtado, o vereador Júnior Trindade, o chefe de gabinete do deputado Ricardo Ayres, Djalma Parente.