Aguarde, carregando...

VICE-PREFEITO AURÉLIO VISITA CPP DE DIANÓPOLIS PARA ACOMPANHAR PRODUÇÃO DE MATERIAIS DOS EDUCANDOS DO PROGRAMA NOVO TEMPO

Dia 07/01/2021

Na manhã desta quinta-feira (07), o vice-prefeito de Dianópolis, Aurélio Araújo, visitou a Casa de Prisão Provisória (CPP) do município, para acompanhar de perto, a produção de materiais de construção, feita por presos que, em sua maioria, possuem bom comportamento e/ou histórico de experiência na área. A fabricação conta com materiais como bloquetes de concreto sextavados, canaletas, blocos de concreto e pingadeiras.  

O chefe de segurança da CPP, Tarcísio Alves, explicou que antes de iniciar o trabalho com os educandos, foi realizada uma análise com especialistas e um estudo detalhado de como seria o processo de fabricação dos materiais. “A produção geralmente é feita de segunda a sábado e varia de 300 a 500 por dia, podendo ser aumentada, com a obtenção de recursos”, frisou, ressaltando o benefício da produção para ambas as partes, tanto para o poder público, quanto para os presos, que dessa forma, reduz o tempo da pena, conforme artigo 126 da Lei de Execução Penal (LEP).

Para Aurélio, é importante investir nesses materiais para Dianópolis. “É uma produção feita aqui na nossa terra, com material de qualidade. Muito interessante pensarmos em investir nessa fabricação. Os educandos estão tendo a oportunidade de aprender e vivenciar essa experiência, que contribui para a profissionalização”, disse.

O vice-prefeito foi recebido pelo chefe de segurança da CPP, Tarcísio Alves, representando a unidade, acompanhado dos policiais penais, Breno Aires, José Oliveira, Danierre Lustosa e Jales.  

Programa Novo Tempo

Desde agosto do ano passado, os estabelecimentos penais do Tocantins passaram a contar com o Programa Novo Tempo, idealizado pela Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), para dar acesso às pessoas privadas de liberdade à capacitação e profissionalização, oportunizando também a remição da pena pelo trabalho e pela leitura.

O Programa é executado pela Superintendência de Administração dos Sistemas Penitenciário e Prisional do Tocantins, por meio da sua Gerência de Reintegração Social, Trabalho e Renda do Preso e Egresso, com projetos em diversas áreas desenvolvidos em todas as Unidades Penais do Estado.